Dia Nacional da Matemática

Dia Nacional da Matemática – 06 de Maio

Dia Nacional da Matemática é comemorada em 06 de maio como uma homenagem ao matemático, escritor e educador brasileiro Júlio César de Mello e Souza, mais conhecido como Malba Tahan.

Julio Cesar de Mello e Souza nasceu no Rio de Janeiro no dia 6 de maio de 1895. Passou sua infância na cidade de Queluz, às margens do Rio Paraíba, junto à divisa com o Estado do Rio de Janeiro, em São Paulo. Teve oito irmãos. Cursou o ensino fundamental e médio nos Colégios Militar e Pedro II no Rio de Janeiro. Formou-se professor pela Escola Normal e depois engenheiro pela Escola Nacional de Engenharia. Lecionou em diversos estabelecimentos de ensino como o Colégio Mello e Souza, o Colégio Pedro II, a Escola Normal e a  Universidade Federal do Rio de Janeiro. Casou-se com Nair Marques da Costa com quem teve três filhos. Criou a mistificação literária que chamou Malba Tahan, através da qual publicou inúmeras obras entre as quais o célebre “O homem que calculava”. Assinando como Malba Tahan ou como Prof. Mello e Souza, escreveu diversos livros de didática e ensino de Matemática. Foi principalmente arauto e precursor de uma nova forma de ensinar a Matemática, como também o mais destacado popularizador da disciplina. Durante muitos anos, ninguém imaginava que o Prof. Mello e Souza era Malba Tahan, o famoso autor árabe que se fazia presente em livros, jornais e revistas em todo país. Júlio Cesar faleceu em Recife, no dia 18 de Junho de 1974, aos 79 anos, quando ministrava um curso para professores. Em 2013, o Governo do Brasil instituiu, em sua homenagem, o Dia Nacional da Matemática, na data de seu nascimento.

 

A iniciativa de instituir o dia da matemática, partiu da comissão organizadora do Centenário de Malba Tahan em 1995, formada por Pedro Paulo Salles (educador musical e sobrinho neto de MT), André Pereira (historiador e neto de MT), Antonio José Lopes Bigode (educador matemático e autor de livros didáticos), Valdemar Vello (editor, educador e artista) e Atílio Bari (teatrólogo), todos especialistas em Malba Tahan, cada um na sua especialidade.

A proposta do Dia da Matemática foi apresentada e entusiasticamente abraçada pelo saudoso educador Darcy Ribeiro então senador da República. Naquele ano de 1995 o Dia da Matemática já havia sido aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro e pela Câmara Municipal de São Paulo em em 2010 pela Câmara Municipal de Salvador, Bahia.

A nível nacional, a então deputada Raquel Teixeira foi a responsável por apresentar um projeto de lei, em 05 de maio de 2004, para instituir o Dia Nacional da Matemática. O objetivo era que o Ministério da Educação e da Cultura incentivasse atividades culturais e educativas nessa data. A proposta de Raquel determinava um momento para refletir a educação matemática, incentivando os professores e estudantes a cultivar a cultura e o saber. Apenas em 26 de junho de 2013 a Presidenta da República, Dilma Rousseff, sancionou a lei n° 12.835, que instituiu, oficialmente, o Dia Nacional da Matemática, que deve ser comemorado anualmente em todo o território nacional em 06 de maio.

     

Baixe o Livro O Homem que Calculava:

O-Homem-que-Calculava-Malba-Tahan.pdf (24 downloads)

 

 

Deixe uma resposta